Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Negociação salarial da Rede Estadual de Ensino

Após meses de negociação, durante o ano de 2023, com o governo do estado os professores temporários terão aumento de 25% até janeiro de 2024, 5% já pagos em maio, 10% em outubro e 10% em janeiro, mais o reajuste de 10% em outubro e 10% em janeiro. Fica também garantido o RGA em maio do ano que vem. A reposição do piso 2024 também fica para ser debatido no próximo ano.

A ACP defende uma política de valorização dos professores temporários que no máximo nos próximos quatro anos possa reparar o grande erro da desvalorização ocorrida em 2019 e é nisto que vamos focar.

Para os professores efetivos e aposentados com paridade o governo propor 14,95 em outubro desse ano e congelar em 90 por cento o piso estadual até 2026. A assembléia geral da Fetems aprovou devolver ao governo o aceite do congelamento, porém em 92% e que a data base seja retornada para maio.

Processo Seletivo do Estado

Já foi montada a comissão onde membros da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) participam e que tem o compromisso da Secretaria Estadual de Educação para que tenha o processo seletivo até novembro de 2023, é importante lembrar que a FETEMS também vai oferecer cursinho preparatório virtual para os seus filiados.

Chamada de Concurso do Magistério na Rede Estadual

O compromisso do governo do estado é chamar mil professores até 2024, a pauta defendida pela ACP e pela FETEMS é que chamem todos os mais de 1.900 aprovados e esta será também uma prioridade nas lutas do nosso sindicato.