.
.
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Projeto “Viver Melhor” da ACP anima Arraial de Santo Antônio de Campo Grande

Com vestimentas coloridas, sorriso no rosto, alegria e animação, as professoras aposentadas filiadas ao Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública se apresentaram na penúltima noite do 22º Arraial de Santo Antônio de Campo Grande na Praça do Rádio Clube.

A dança de forró ensaiada pelas professoras aposentadas da ACP faz parte do projeto “Viver Melhor” desenvolvido pela Secretaria dos Apsentados da ACP. No último sábado, dia 15, as professoras aposentadas se apresentaram para um público estimado em 7 mil pessoas, de acordo com a prefeitura municipal. Os ensaios da dança foram realizados na sede da ACP, sob orientação da professora de dança Priscila Veiga, com a canção “Eu Só Quero Um Xodó”, de Dominguinhos.

A Secretária dos Aposentados da ACP, professora Tânia Ferraciolli, explica que o grupo de dança faz parte do projeto “Viver Melhor” da ACP, e que tem como prioridade, a socialização dos docentes aposentados com a comunidade por meio das apresentações. “Esse é um trabalho bem legal, que conta com a participação de cerca de 30 pessoas, o nosso grupo já se apresenta há mais de 15 anos. Nós passamos a vida inteira servindo a comunidade e quando nos aposentamos, ficamos perdidos sem a rotina, então essas atividades do Sindicato nos ajudam a trabalhar a nossa parte emocional”, salientou professora Tânia.


Com um sorriso contagiante, a professora Aparecida Natividade de Souza, destacou que a dança representa qualidade de vida para aqueles que já se dedicaram tanto às comunidades da Capital. “Eu sempre falo que não quero e não vou envelhecer, enquanto eu tiver as minhas pernas, vou dançar e me apresentar pelo Estado. Depois da nossa carreira pedagógica, é hora de investirmos na nossa saúde e neste sentido, o grupo de dança nos ajuda muito”, disse professora Natividade.


Para mais informações sobre o projeto “Viver Melhor” entre em contato com a Secretária dos Aposentados pelo telefone (67) 99307-4695.