Valorização dos professores marca Festimpe e Encontro dos Aposentados da ACP

Nos dias 23 e 24, foram os educadores e educadoras aposentadas que estiveram no centro das atividades da ACP. O XII Encontro dos Profissionais da Educação Pública Aposentados de Campo Grande-MS foi realizado no Clube de Campo com o tema “Viva Melhor! A confiança nos faz caminhar”.

“Aproveitem esses dois dias para se divertirem, se atualizarem e, principalmente, para estar entre amigos. Esse é nosso objetivo ao realizar o encontro dos aposentados. Mostrar que mesmo aposentados, estamos vivos e vivas e precisamos ter confiança, fé na vida, para seguir caminhando. É esse o nosso lema no projeto Viver Melhor. E com essa confiança estamos crescendo juntas”, afirmou a secretária dos aposentados da ACP, Maria Augusta Coimbra, na abertura do encontro.

O evento reuniu cerca de 300 pessoas, em atividades como palestras, jogos, vivências motivacionais, música e, principalmente, como uma oportunidade de integração e reencontro de antigos companheiros de luta e de trabalho.

“Eu fico muito feliz em todos os eventos que a nossa ACP realiza para nós, aposentadas. Eu vejo o carinho com que tudo é feito e me sinto valorizada. Eu trabalhei 54 anos na educação pública e amo minha profissão. Estar integrada com minhas companheiras e companheiros de trabalho, em dias como esses, é muito bom”, declarou a professora Elzita Cortez, de 75 anos.

Festimpe

Um show dos professores cantores de Campo Grande. O 24º Festimpe – Festival de Intérpretes Musicais dos Profissionais da Educação Pública celebrou o talento dos educadores e educadoras das escolas públicas campo-grandenses. 19 apresentações cheias de energia, emoção e intensidade coroaram o evento realizado na sede do sindicato, no sábado (25).

Familiares e amigos trouxeram ainda mais integração e valorização aos artistas da educação, que retribuíram o carinho e prestígio com uma variedade de gêneros musicais. Organizado pela secretária social e cultural da ACP Tânia Ferraciolli, o Festimpe figura entre os eventos que mais fidelizam participantes na ACP. “Precisamos desses momentos. Nossa profissão é altamente estressante”, confirma a professora Miriam Borges, representante da EM Profª Oneida Ramos no festival.

“Que venham outros Festivais! Pois música é descontração, faz bem para alma e para o coração. Música é vida”, comentou a professora aposentada e veterana de Festimpe, Maria de Fátima Moura.

Norma Veras de Andrada, outra aposentada que tem presença garantida nops festivais declarou seu amor ao projeto cultural do sindicato. “Eu tenho orgulho do meu sindicato e gostaria de agradecer a nossa querida Tânia que tem lutado e feito tudo tão maravilhoso ao longo desses festivais. Muito obrigada à diretoria da ACP”, agradece Norminha, como é conhecida entre as colegas.

O presidente da ACP, Lucílio Nobre, destacou o caráter de valorização e espírito democrático que as ações da ACP carregam. Pois todos os eventos são definidos pela diretoria do sindicato e os representantes sindicais. “Eu fiquei impressionado com a beleza das apresentações e, a cada show, eu notei a variedade de estilos, gêneros musicais, de mensagens que os candidatos e candidatas passavam com suas interpretações. Isso é a democracia. Viva a democracia! Em um momento como esse que estamos vivendo, o show que vocês deram nesta noite tem esse significado: que o fascismo e o ódio não tenha vez. A educação e a cultura são nossas armas contra toda e qualquer manifestação antidemocrática e violenta”, afirmou Nobre.

Vencedores

Após as 19 apresentações, o 24º Festimpe premiou as quatro melhores interpretações, na avaliação dos jurados. O professor Decorozo Ortiz (Déco) empolgou a torcida e ficou com o destaque Presença de Palco. O estreante no Festimpe, Moisés Matos dos Santos ficou com o 3º lugar, cantando “Sou um Milagre”, da banda Voz da Verdade. Cibele Ribeiro Gauna interpretou “Disparada”, grande sucesso na voz de Jair Rodrigues, e levou o troféu de vice-campeã.

Com uma apresentação intensa de “Força Estranha”, um clássico da MPB e composição de Caetano Veloso, a professora Laura Alves Costa arrebatou plateia e jurados, sagrando-se bicampeã consecutiva do Festimpe.

Laura, que é uma das mais assíduas participantes do festival, explicou sua relação com o projeto. “Muito obrigada a todos! Eu sou suspeita para falar o quanto amo esse festival. Participo desde que entrei na prefeitura, e a cada ano está melhor. Parabéns a todos pela linda noite!” resumiu, dessa forma, o espírito que alimenta esses 24 anos de Festimpe.

ACP – Desde 1952 nossa luta não para!