Novo Fundeb: ACP e Fetems levam o bloco da educação para o Carnaval de rua de Campo Grande, em defesa da escola pública

FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) e ACP (Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública) realizam nesta sexta-feira (21), em Campo Grande-MS, o Carnaval da Educação Pública.

O bloco dos/as professores/as se concentrou na Praça do Rádio Clube e percorreu as ruas do centro da Capital sul-mato-grossense, na tarde desta sexta-feira de Carnaval, para alertar a população sobre a urgência da votação da PEC 15/2015, que torna o Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação) Permanente.

Atualmente, o fundo, que é a principal fonte de financiamento da Educação Pública Básica, tem validade até 31 de dezembro de 2020. Se não for renovado, a educação básica viverá o caos! Não haverá dinheiro para pagamento de salários, formação de professores, construção e reforma de escolas, compra de materiais, merenda, transporte escolar, laboratórios serão sucateados. Cerca de 48 milhões de alunos matriculados nas escolas públicas do Brasil serão diretamente afetados. “Por isso, o Novo Fundeb é urgente. A ACP convoca toda a população para se juntar à mobilização em defesa da aprovação da PEC 15/2015 já”, alerta o presidente da ACP, professor Lucílio Nobre.

O ato convocado pelos sindicatos dos trabalhadores da educação pública de MS ganhou a adesão de movimentos sociais, estudantes, povos indígenas e toda sociedade sul-mato-grossense. O bloco passou com cinco mil trabalhadores pelas ruas de Campo Grande, cobrando respeito à educação pública básica – o maior serviço público do Brasil.

ACP – Desde 1952, nossa luta não para!