Nota pública da ACP em apoio às Escolas Estaduais Prof. Carlos Henrique Schrader e Adv. Demosthenes Martins

O Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública – ACP é totalmente contrário ao fechamento de unidades escolares e manifesta apoio à comunidade das Escolas Estaduais Prof. Carlos Henrique Schrader e Adv. Demosthenes Martins. A Secretaria de Estado de Educação (SED) informou o fechamento das duas unidades, em Campo Grande.

Na manhã desta quarta-feira (20), a vice-presidente da ACP, professora Zélia Aguiar, esteve na EE Prof. Carlos Henrique Schrader, acompanhando e apoiando o protesto realizado por familiares, alunos e trabalhadores da escola.

Há 67 anos, a ACP faz a defesa da educação pública. O sindicato entende que escola não é gasto; é investimento. A atual política educacional do governo do Estado de Mato Grosso do Sul e do governo federal fere os fundamentos básicos de valorização da escola pública e dos profissionais da educação.

É inadmissível, por exemplo, que os poderes executivos elejam uma parcela mínima de escolas para receberem um milhão de reais, num projeto excludente como as escolas cívico-militares, e, em contrapartida, promover o desmonte da educação pública, com fechamento de escolas.

A visão integral da formação escolar não pode reduzir seres humanos apenas em números, meramente manejáveis ou descartáveis.

A ACP apoia professores(as), funcionários(as), alunos(as) e toda comunidade escolar que lutam pelo direito à educação pública, de qualidade socialmente referenciada, democrática e inclusiva.

ACP – Desde 1952, nossa luta não para!