ESTADO: Informe sobre o fim da greve

         A diretoria da ACP – Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública informa sobre a greve da categoria, no período de 27 de maio a 03 de junho de 2015, 4ª feira – 06 dias.
1. Os professores se reuniram em Assembleia Geral na Fetems, dia 03/06/15, 18 horas;
2. 14 Municípios rejeitaram os termos da conciliação do TJ-MS (desembargador – Vladimir Abreu da Silva);
3. 54 Municípios aceitaram os termos da conciliação;
4. Submetidos à votação, a maioria dos professores aceitaram os termos da Conciliação do TJ-MS:
I. Repasse do reajuste anual do Piso Nacional dos professores, a cada mês de janeiro, mais 4,37% em outubro, até o ano de 2021, para professores de 20 horas (nível 1, classe a);
II. Discutir a mudança da data base dos funcionários administrativos da educação, do mês de maio para janeiro, em conjunto com as demais entidades sindicais;
III. Pagamento da diferença da hora atividade de 2013 (quando os professores deveriam cumprir 33% e cumpriram somente 25%), a partir de janeiro de 2016, somente para professores que estavam em sala de aula naquele ano;
IV. Prorrogação do concurso público do magistério (finaliza no próximo dia 13 de junho);
V. Nomeação de 500 professores aprovados no último concurso em julho e mais 500, em janeiro de 2016;
VI. Garantir que o funcionário administrativo, com nível superior, possa ser eleito diretor de escola;
VII. Permitir que as escolas de tempo integral realizem eleições diretas para diretor.
5. O presidente da Fetems informou que, na 2ª feira, dia 08/06/15, discutirá com a Secretária Estadual de Educação como será processada a reposição dos dias de aula que não foram lecionados aos alunos durante a paralisação.
 
 
Campo Grande-MS, 08 de junho de 2015.
                                                        A diretoria.