Dia Mundial do Meio Ambiente – ACP em defesa da preservação do mundo e da vida plena

A ACP defende que a luta coletiva é a saída para um mundo melhor, mais justo, com respeito à vida e aos direitos essenciais de todas as pessoas. Neste 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, o sindicato promove, mais uma vez, a valorização do maior espaço coletivo – nosso planeta Terra.

Nas ações práticas, a secretaria do Patrimônio do sindicato, sob o comando da professora Leda Nubiato, está realizando, em parceria com a secretária de Esporte e Lazer, Angelina de Souza, o plantio de árvores nos canteiros da fachada do Espaço de Formação e Clube de Campo da ACP, parte do projeto de arborização da sede de formação e lazer da entidade.

“Desde o início da semana, estamos plantando 21 mudas de Ipê, das espécies roxo, amarelo e rosa. As mudas foram escolhidas por serem nativas do cerrado e indicadas para o solo da região onde o Espaço de Formação e Clube de Campo está instalado”, explica a professora Leda.

O planejamento de arborização, com indicação das plantas adequadas e a doação das mudas foi possibilitado pela parceria do sindicato com o Viveiro Municipal. Além de estimular a reflexão sobre a preservação ambiental por meio da educação, o objetivo do sindicato é promover o cuidado e a melhoria dos ambientes coletivos da entidade, tornando os espaços mais acolhedores, confortáveis e integrados com a natureza. Além da arborização, as secretarias estão acompanhando a ampliação dos espaços coletivos do clube, com a construção de mais 16 quiosques, integrados com as árvores já plantadas no local, e a reforma dos banheiros externos.

“Nosso trabalho, a partir da secretaria do Patrimônio, é realizar a preservação dos bens de todos os filiados e filiadas à ACP. E o meio ambiente é nosso maior bem; patrimônio de toda a humanidade. É direito e dever de todos, lutar em defesa da vida plena e dos recursos naturais”, enfatiza a secretária.

Ainda preocupada com o cuidado e a preservação da vida, a ACP segue com a campanha #FiqueEmCasa. A fim de combater o avanço do contágio da COVID-19, todas as sedes do sindicato seguem fechadas para atendimento presencial. “Nos continuamos trabalhando arduamente para defender a vida, a educação pública e os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Em tempo, reunindo os esforços de toda a população, combatendo a necropolítica promovida pelo governo federal, nós vamos superar a pandemia e voltaremos a nos encontrar nas ruas, nas escolas, nos nossos espaço sindicais e de lazer, e na luta sempre”, finaliza o presidente da ACP, professor Lucílio Nobre.