ACP lança campanha Gestão Democrática Já! e cobra realização de concurso público, pela prefeitura

Em Assembleia Geral Extraordinária desta terça-feira (24), a ACP retirou 90 delegados que vão representar os profissionais da educação pública de Campo Grande no 28º Congresso Estadual de Educação, realizado pela Fetems, em agosto de 2022. Na assembleia, a categoria também lançou campanha a fim de garantir a Gestão Democrática na REME, com realização de eleição para a direção escolar, que está prevista para este ano, nas escolas da rede, inclusive, as EMEI’s (Escolas Municipais de Educação Infantil).

A Gestão Democrática na Rede Municipal de Ensino está prevista na Meta 19 dos Planos Nacional e Municipal de Educação e foi instituída em Campo Grande pela Lei Municipal 6.023/2018, que estabeleceu a eleição para as escolas de ensino fundamental na primeira etapa, em 2018, e agora, em 2022, de incluir as EMEI’s.

“A gestão democrática na REME é uma conquista da categoria, consolidada em lei, e a ACP não abre mão desse direito. Iniciamos a campanha já com a expectativa de ter assegurada a realização da eleição na próxima reunião com a prefeita”, afirma o presidente da ACP, professor Lucilio Nobre.

A diretoria do sindicato já enviou ofício para a secretária de educação, professor Alélis Gomes, e a prefeita, Adriane Lopes, solicitando reunião para debater o assunto.

Ao longo desta semana, o sindicato convoca a categoria para promover a campanha nas redes sociais: #GestãoDemocráticaJá

Concurso Público

Na mesma assembleia, os educadores definiram a campanha de luta pela realização de concurso público para o magistério municipal. A cobrança da categoria se baseia no cumprimento do Termo de Compromisso assinado pela prefeitura com o sindicato, em 2021, que prevê a realização de concurso em 2022.

Baixe os cards das campanhas!